página inicial - materiais de campanha - como participar - contato

13 de junho de 2012

SP: audiência debate hoje as mudanças no Conselho Estadual de Educação

Projeto sobre o tema será discutido hoje na Assembleia Legislativa de São Paulo
Fonte: www.fepesp.org.br 

Uma audiência pública debaterá em 13/06, na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei 108/2012, que pretende alterar a forma de nomeação para o Conselho Estadual de Educação (CEE).

Atualmente, o Conselho é dominado pelas empresas privadas e o poder de nomear os conselheiros está nas mãos do governador. O debate começa às 14h30, na Comissão de Educação, e foi convocado pelos autores da proposta, deputados Geraldo Cruz e Simão Pedro (ambos do PT). (leia mais…)

12 de junho de 2012

Novo tuitaço pelos 10% do PIB para a educação pública

Arquivado em: Sem categoria — Tags:, , — d3comunicacao @ 2:54

Mobilização virtual nesta 3ª. e 4ª.feira a favor de qualidade na educação pública #VOTA10 #PNEpraValer

Nesta terça-feira, dia 12 de junho, está previsto o início da votação do novo PNE (Plano Nacional de Educação). Tramitando na Câmara dos Deputados como Projeto de Lei 8025/2010 (PL 8035/2010) será este plano que determinará as diretrizes, metas e estratégias educacionais para os próximos dez anos. (leia mais…)

5 de junho de 2012

Greve dos professores particulares tem 70% de adesão em PE e até 60% no Recife

O primeiro dia de greve dos professores particulares de Pernambuco soma uma adesão de 70% no estado, de acordo com levantamento feito pelo sindicato da categoria, o Sinpro. Segundo a assessoria de comunicação do sindicato, no Recife, a adesão gira em torno de 55% a 60%. (leia mais…)

4 de junho de 2012

PROFESSORES DO SETOR PRIVADO ESTÃO PARADOS EM PERNAMBUCO

Professores do setor privado de ensino de Pernambuco aprovaram, esta manhã (04), a paralisação das atividades nas escolas particulares de todo Estado. A definição foi tomada em assembleia realizada no Centro Social Soledade, no bairro da Boa Vista, após 11 rodadas de negociação com a entidade patronal (Sinepe); todas sem avanços na pauta de reivindicação da categoria.

(leia mais…)

25 de maio de 2012

MPF abre dois inquéritos para investigar Uniesp

Fonte: www.fepesp.org.br

A Procuradoria da República em São Paulo está investigando a Uniesp em dois inquéritos, abertos entre março e abril. Entre as suspeitas que pesam contra o grupo educacional, estão rescisão de financiamentos estudantis e propaganda enganosa.
Na fase atual dos inquéritos, o procurador está ouvindo a Uniesp e o MEC e recolhendo mais informações. Após receber denúncias em 2011, a procuradoria abriu procedimentos preparatórios, que foram convertidos agora em inquéritos civis.

(leia mais…)

22 de maio de 2012

MEC desvincula do Prouni instituição denunciada pelo IG

Facet, da Bahia, cobrava o dobro de bolsistas. Mantenedora da faculdade também foi excluída do Fies por três anos
Priscilla Borges, iG Brasília

O Ministério da Educação vai desvincular a faculdade baiana Facet do Programa Universidade para Todos (Prouni). A Secretaria de Educação Superior (Sesu) afirma que comprovou as irregularidades cometidas pela instituição denunciadas pelo iG em janeiro. A Facet cobrava o dobro do valor regular para bolsistas parciais do programa e, com isso, recebia duas vezes.

(leia mais…)

15 de maio de 2012

Exame da OAB: das 20 primeiras colocadas 19 são públicas e apenas uma é privada.

Arquivado em: Ensino Superior — Tags: — d3comunicacao @ 18:06

Do G1, em São Paulo

O último Exame de Ordem Unificado teve 19 universidades públicas entre as 20 instituições que mais aprovaram candidatos. Foram aprovados 25.912 candidatos entre 101.936 inscritos em todo o país no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, o que dá um índice de aprovação de 25,4%.
A universidade com o maior índice de aprovação proporcionalmente ao número de inscritos foi a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), de Minas Gerais. Fizeram a prova por essa instituição 102 alunos e foram aprovados 88, perfazendo um percentual de aprovação de 86,27%. Em seguida estão a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com 84,48% de aprovação, e a Fundação Universidade Federal de Viçosa (UFV), também de Minas Gerais, com 80% de aprovação.
A única instituição de ensino privada entre as 20 melhores é a Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV), com 74,36% de aprovação.

Confira a matéria completa e a lista das primeiras colocadas em:

http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2012/05/veja-universidades-que-mais-aprovaram-no-ultimo-exame-da-oab.html

 

14 de maio de 2012

Faculdades continuam a descumprir portaria sobre Prouni e Fies

MEC exige que instituições participantes dos programas coloquem em murais e sites valores dos curso e políticas de bolsas e descontos

Marina Morena Costa, iG São Paulo

Como medida para evitar fraudes e cobranças a mais de estudantes beneficiados pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), de concessão de bolsas, e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), de financiamento do curso, o Ministério da Educação emitiu duas portarias neste ano. Elas exigem que as instituições participantes dos programas divulguem, na internet e em suas unidades, os valores dos cursos e suas políticas de bolsas e descontos. A determinação, no entanto, não é cumprida nas maiores universidades privadas de São Paulo, nem virtual, nem fisicamente. (leia mais…)

10 de maio de 2012

Anhanguera: lucros e calote, de novo

Após a demissão em massa no ano passado, a Anhanguera iniciou 2012 atrasando salários de professores nas unidades do Estado de São Paulo. Parte dos docentes recebeu, mas o valor é menor do que foi contratado.Desde janeiro, a cada início de mês, os professores não sabem o que será depositado em suas contas. Em Osasco, por exemplo, uma professora recebeu apenas 37% do salário.

Os casos repetem-se em outras cidades, como Guarulhos e Sorocaba. Pra piorar a situação, nenhum professor consegue ter acesso ao holerite eletrônico pelo sistema da empresa.

Boa parte da reunião de 08/05 dos sindicatos da Fepesp foi tomada pelos problemas com a Anhanguera. O descaso com os professores ocorre ao mesmo tempo em que se divulga o lucro líquido da empresa nos primeiros meses do ano: R$ 62 milhões.
Em dezembro, a Anhanguera demitiu quase 1.600 professores só no Estado de São Paulo, segundo levantamento da Fepesp. A maior parte dos demitidos é formada de mestres e doutores. (leia mais…)

27 de abril de 2012

SP: negociações na educação básica apontam para reajuste de 6,5%

As negociações na educação básica podem estar próximas do fim. Nos últimos dias, sindicatos, Fepesp e representantes patronais conseguiram construir uma proposta que ainda precisa passar pelo crivo das assembleias dos professores e dos donos de escolas.
A proposta prevê Convenção Coletiva de dois anos, com aumento real em 2012 e em 2013.
Em 2012, o reajuste negociado foi de 6,5%, excepcionalmente a partir de maio. O índice corresponde a 1,2% de ganho real, além da inflação. A partir de março de 2013, a proposta assegura aumento real de 2% e reposição inflacionária.  (leia mais…)

Older Posts »

Powered by WordPress